Brasil vence Argentina e segue invicto na Rio 2016 (Foto: Divulgação/FIVB)

Rio 2016: Brasil vence a Argentina e segue sem perder sets no Maracanãzinho

A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a segunda vitória nos Jogos Olímpicos do Rio. Nesta segunda-feira (8), as brasileiras levaram a melhor contra a Argentina por 3 sets a 0 (25/16, 25/19 e 25/11), em 1h10 no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. A oposta Sheilla, marcou 14 vezes e foi a maior pontuadora. O próximo desafio da equipe comandada pelo treinador José Roberto Guimarães será o Japão às 22h35 desta quarta-feira (8).

Brasileiras e argentinas estão no grupo A ao lado do Japão, Coréia do Sul, Camarões e Rússia. O grupo B é formado por Estados Unidos, China, Sérvia, Itália, Holanda e Porto Rico. As brasileiras buscam o tricampeonato olímpico.

A segunda-feira teve outros cinco jogos pelo torneio feminino dos Jogos Olímpicos do Rio. Pelo grupo B, a China conseguiu o primeiro resultado positivo na competição ao superar a Itália por 3 sets a 0 (25/21, 25/21 e 25/16). Já a Sérvia passou por Porto Rico também por 3 sets a 0 (29/27, 25/18 e 25/20) e os Estados Unidos levaram a melhor sobre a Holanda por 3 sets a 2 (18/25, 25/18, 21/25, 25/20 e 15/8).

No grupo B, o Japão venceu Camarões por 3 sets a 0 (25/20, 25/15 e 25/17) e a Rússia superou a Coréia do Sul por 3 sets a 1 (25/23, 23/25, 25/23 e 25/14).

A seleção brasileira feminina de vôlei tem dois títulos olímpicos (Pequim 2008 e Londres 2012) e duas medalhas de bronze (Atlanta 1996 e Sydney 2000).

Com 14 acertos, a oposta Sheilla foi a maior pontuadora da partida (Foto: Divulgação/FIVB)

O Jogo

O Brasil começou melhor o jogo e fez 4/1. A Argentina cresceu de produção e virou o marcador (5/4). Com um ponto de bloqueio da central Juciely o Brasil abriu dois pontos (7/5). Bem no saque e com volume de jogo, as brasileiras abriram sete pontos (16/9). O ataque do time verde e amarelo foi eficiente e as brasileiras venceram o primeiro set por 25/16. A oposta Sheilla foi a maior pontuadora da parcial com seis pontos.

A central Fabiana finalizou um longo rali com um ponto de bloqueio e o Brasil fez 3/1 no início do segundo set. Com um erro das argentinas, a equipe do treinador José Roberto Guimarães abriu três pontos (10/7). Bem no bloqueio, as donas da casa fizeram 17/13. Quando o placar estava 21/15 para o Brasil, o técnico da Argentina, Guilhermo Orduna, pediu tempo. O time verde e amarelo seguiu melhor e fechou o segundo set por 25/19.

O Brasil fez os três primeiros pontos do terceiro set. A oposta Sheilla se destacava nos contra-ataques e as brasileiras abriram cinco pontos (11/6). Quando o placar estava 16/12 para o time verde e amarelo o treinador José Roberto Guimarães trocou as ponteiras. Entrou Jaqueline e saiu Fê Garay. A levantadora Dani Lins jogava com velocidade e o Brasil fez 16/10. As brasileiras dominaram a parcial até o final e venceram o set por 25/11 e o jogo por 3 sets a 0.

CBV


Sexto Set | O jogo continua aqui!

Twitter | Facebook | Instagram | RSS